28/12 9:53

Retrospectiva – Novos espaços de lazer no Maranhão ampliam qualidade de vida

Após longo período de isolamento em massa para conter a propagação do coronavírus, o Maranhão começou a flexibilizar, em junho deste ano, o isolamento social com a reabertura limitada dos Parques do Itapiracó e do Sítio Rangedor, espaços de lazer construídos e geridos pelo Governo do Maranhão.

Especialistas em saúde mental apontam que o uso de áreas verdes e espaços públicos pode ser de grande valia para a vida urbana no pós-pandemia. Mas enquanto ainda não existe oferta de vacina no Brasil, o Maranhão aposta na reativação gradual dos espaços de lazer e na criação de novos parques e equipamentos para usufruto do convívio social, em meio a um cenário sanitário ainda limitador e marcado de incertezas.

Antes mesmo da pandemia, a construção de espaços públicos de lazer já era uma das prioridades da atual gestão estadual, como ressaltou o governador Flávio Dino. “Entre praças e parques, já entregamos mais de 100 obras que democratizam as cidades”, declarou o governador. 

Conheça alguns dos equipamentos de lazer que foram entregues à população maranhense no ano da pandemia:

Parque Ambiental do Sucupira em Timon

Com uma área de 70 mil m², o Parque Ambiental do Sucupira em Timon conta com academia ao ar livre, quadras, pista de skate, campo society, áreas de ciclismo e caminhada, parque infantil inclusivo, calçadão, bancos, iluminação de LED, estacionamento, esplanada, Praça do Sol, talude e área sombreada.

A obra foi executada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) com apoio da Secretaria de Estado de Governo (Segov), por meio de uma parceria entre o Governo do Maranhão e a Prefeitura de Timon, responsável pela administração.

Praça dos Poetas

Espaço dedicado para homenagear as gerações de poetas e escritores maranhenses, a Praça dos Poetas se junta a outros espaços de lazer e cultura da capital que foram revitalizados. 

O espaço conta com um mirante e, no trajeto até ele, são homenageados dez escritores e poetas maranhenses: Ferreira Gullar, Catulo da Paixão Cearense, Nauro Machado, Sousândrade, Bandeira Tribuzzi, José Chagas, Gonçalves Dias, Maria Firmina, Dagmar Destêrro e Lucy Teixeira.

Há também um painel rotativo, que a cada mês celebra a obra de outros literários. O painel inaugural trouxe o soneto Miritiba, do escritor maranhense Humberto de Campos. 

A Praça dos Poetas tem 1.130 m² e possui, ainda, quiosques, banheiros públicos e tratamento paisagístico, além de detalhes arquitetônicos que remontam o colonial e o moderno.

Nova Praça do Cohatrac

Espaço onde tradicionalmente é celebrada a festa católica em celebração ao Círio de Nazáre, a Praça do Cohatrac agora tem equipamento para acesso à internet, local aberto para a realização de eventos, salão de eventos com banheiro acessível, concha acústica, construção de praça de alimentação, espaços de vivência com grafite, área de jogos e playground, além de adequação de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida e instalação de novos mobiliários (bancos, lixeiras), nova iluminação e academia de saúde.

Nova REFFSA

Totalmente restaurado com base em um projeto arquitetônico que respeitou as características originais da edificação fundada em 1929, a antiga estação da REFFSA, no Centro de São Luís, foi reaberta e passou a abrigar um moderno espaço de cultura, com direito a Museu Ferroviário e Portuário e a Locomotiva Hub, espaço high tech para fomento de startups concebidas no ambiente universitário. 

Desde que foi reaberto, a exibição de videomapping e a decoração natalina na nova REEFSA vêm atraindo a população, mas o acesso é limitado e exige aferição da temperatura dos usuários, uso de máscaras de proteção e o respeito ao distanciamento social.

Contatos

contatos

Fone: (98)

E-mail:

Localização

localização

Edifício Henrique de La Roque

Av. Carlos Cunha – Calhau
São Luís – Maranhão
CEP: 65076-820